10 fevereiro 2009

::: considerações nº 2 :::

O tempo é uma piada sem graça
que não avança
e te trás até mim
pura pirraça.

São poucas as imagens que tenho
me vem a todo instante
me deixam palpitante
me fazem querer de novo.

Eu não me contento, não me movo
preciso tocar
preciso sentir
preciso te ver
preciso agir
preciso te esquecer.

Nos intervalos
em que teu sabor me abandona
me acalmo na cama
fecho os olhos pra não pensar
e de novo está lá
teu rosto...
Sorriso irônico
desse tempo sem graça
fazendo pirraça.

Me tirando a força
já escassa.

....
....

{eu quis te convencer, mas chega de insistir ... docesolidão ... caminho em frente pra sentir saudade}

Nenhum comentário: