07 março 2010

considerações nº 8

shapes of every size
move behind my eyes
doors inside my head
bolted from within
every drop of flame
lights a candle in
memory of the one
who lives inside my skin
i can tell you why
people die alone
i can tell you I'm
a shadow on the sun
(Audioslave - Shadow On The Sun)

diga-se de passagem
a minha vida é só uma viagem.
meus sonhos uma miragem.
meus medos auto-sabotagem.
minha coragem?
bem, essa esteve aqui apenas
nessa mensagem.

6 comentários:

Beatriz. disse...

Adorei o pequeno texto. =)
Boa Semana pra ti.

Beijos! :)

Beatriz. disse...

Seria bom se todos pensassem assim mesmo querida, mas ainda acredito que um dia o mundo será melhor, rs.

Beeeeijos.

Daniela Filipini disse...

Intenso e bonito!
Gostei muito!

Tertuliano disse...

Sabe quando você precisa ler alguma coisa bacana e sabe direito onde ir procurar?

Sabe quando você lê uma coisa aparentemente simples, mas cheia de densidade e diz "poxa!"

Sabe quando você lê um poema e diz "porra, eu queria ter escrito isso!"

Pois é.

GMartinsS disse...

Amo-te...
Cada palavra q escreves...
Invade-me de orgulho e prazer...
Por conhecer uma poeta...
Tão pura e bela...
Que expressa em simples palavras...
O que todo poeta sente...
Beijos meu lindo Querubim!!
Amo-te, minha Musa!!

Jaya Magalhães disse...

Donadonadona,

Essa coisa da música, de acender uma vela em memória de algo (alguém) que vive dentro da pele é sensacional. A imagem poética que isso me traz é transcendente.

E teus versos, meu bem, saíram do mais íntimo de mim. Que mora em você.

Um absurdo, tudo.

Beijíssimo.