09 junho 2009

quando você falou.

você falou
palavras jogadas
enfeitadas sem intenção
eu chorei
e de você me encantei

toda.

{seu sorriso é um paraíso - nossa ultima canção da noite}

4 comentários:

Jaya disse...

Dia 26.

Foi o meu dia, assim, igual-que-nem o teu. Mas eu não soube botar em palavras, ainda. Continua nas pontas dos dedos, moça.

___________

Fico pensando em toda a semelhança de sentidos que se fizeram comuns, no meu diálogo lá, naquela que sou, e onde deve existir você, em mim.

Fato é que eu te queria naquela mesa. Pra uma saideira, quem sabe. E eu ia sempre dizer: fica, toma mais um copo! Rs.

Beijos, rânei!

Tertuliano disse...

Que absurdo. Quer dizer então que vivemos num mundo onde as pessoas pedem desculpas para dizer que amam umas às outras?

A vida num lugar assim não vale à pena ser vivida.

Mas fique tranquila, desculpando-se ou não, ai, ai, és correspondida!

Ih... desculpe!
===

Eu conheço alguma coisa sobre palavras que se jogam ao ar e vão parar direito no lado esquerdo do peito, qual adagas.

Mais uma vez: ai, ai.

Ni ... disse...

Ler você me faz ver...

Gostei demais daqui...

Beijo e mais beijos...

Carlos Howes disse...

Às vezes o maior encanto está na despretensiosidade. =)