08 setembro 2009

e no meu desejo
mais íntimo e vegetariano

(é pela sua carne que eu salivo)

2 comentários:

Gabriela M. disse...

é, moça.
eu disse que não gostava de poesia.
mas para sua, drummondiana e moderninha, eu abro tantas e todas exceções.
é realmente tudo muito bom aqui.

~~

e no fim só amor e capaz de fazer um vegetariano se contradizer, né?

Ni ... disse...

Que coisa danada de boa... gostei..!!

Beijo e mais beijos...