23 agosto 2010

egoísmo

e depois de se comerem com uma voracidade peculiar ela se levantou e se pôs a vestir:


ele: - aonde você vai?
ela: - vou salvar o mundo.
ele: - posso ir junto?
ela: - não. a glória deve ser toda minha.


para os egoístas.

8 comentários:

l u a * disse...

a glória sempre é toda minha, mesmo que esses coadjuvantes menores insistam em aparecer.

Jaya Magalhães disse...

Talvez ele pensasse que a glória anterior tenha sido dele. Justo, então, que a outra seja dela. Mas, ah, isso sou eu tentando esconder meu egoísmo.

Haha.

Eu vou ouvir a música de Otto.

Dois beijos em você.

Amanda Bia disse...

isso deve ser mais comum do que se pensa.
gostei daqui.
beijo.

Tertuliano disse...

Hahaha, House é demais.

Vou postar seu poema! Com créditos, claro, mas ele merece ganhar o mundo!

Queria ter escrito isso...

disse...

''Eu sou ego..''
hahaha sempre fui. :)

Olha, eu gostei mais de você depois da musica do mombojó que comentou no meu blog, sabia? É que eu gosto de mombojó assim um tanto, e é legal ver mais gente que também gosta. :)

bruno dumont. disse...

aos egoístas as glórias e a desilusão.

beijo, Pí.

gabriela m. disse...

povo metido, eu hein... argh;

Cacheada disse...

Noooooossaaaaaaaaaa...

spiderwoman
iuHAUIhaui
;)